Direto da Redação - Redação ESPN - 04.01.2012 - 16h21
Inflação em SP fica abaixo das expectativas
Publicado em: 03/08/2012 Gerar um RSS desta página para um leitor de notícias e feeds

A inflação aquém da esperada para a cidade de São Paulo em julho não alterou as expectativas dos economistas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do período. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), apurado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), subiu 0,13% no mês passado, ficando abaixo das projeções da própria instituição, que estimava alta de 0,21% para o indicador no período.

Embora São Paulo contribua com cerca de um terço do IPCA, o resultado não influenciou as projeções dos economistas consultados pelo Valor para o indicador oficial de inflação. "Um índice não serve para antecipar o outro. Eles apresentam metodologias diferentes e os locais e as datas de coleta não são os mesmos, o que gera resultados distintos", explica Francisco Pessoa, economista da LCA Consultores, que projeta alta de 0,42% para o IPCA em julho. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga o indicador na próxima semana.

Thiago Curado, da Tendências Consultoria, ressalta que no longo prazo os indicadores costumam andar em linha, mas no curto prazo é natural haver descolamentos. "O IPC-Fipe nos indica, por exemplo, que a pressão dos alimentos in natura já começa a se dissipar, mas provavelmente ainda não veremos isso no IPCA de julho. Talvez apareça no de agosto."

Mesmo cedendo (de 1,03% em junho para 0,53% em julho), o grupo alimentação foi o que mais pressionou o IPC-Fipe no mês passado, com os produtos in natura subindo 3,3%, após a alta de 5,1% em junho. Para Curado, os alimentos também serão a principal fonte de pressão sobre o IPCA de julho, mas, ao contrário do que se viu no IPC-Fipe, a expectativa é de aceleração frente ao mês anterior. Pelos seus cálculos, o grupo alimentos e bebidas, que subiu 0,68% em junho, deverá ter a alta intensificada para 0,96% em julho. Com isso, a expectativa é de que o IPCA tenha avançado 0,37% no mês passado.

Fonte: Valor Econômico – Brasil – 03/08/2012 – Pág. A3 Enviar para um amigo CompartilharImprimir