Globo News - Jornal Das Dez 22h 02.03.11
Preços ao consumidor desaceleram no final de junho, calcula FGV
Publicado em: 02/08/2012 Gerar um RSS desta página para um leitor de notícias e feeds

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) ficou em 0,22% na quadrissemana que fecha o mês de julho, informou ontem a Fundação Getúlio Vargas (FGV). No encerramento de junho, o índice havia subido 0,11% e, na leitura anterior, de 22 de julho, a alta dos preços tinha chegado a 0,28%.

Com o resultado da quarta quadrissemana do mês passado, o IPC-S acumula altas de 3,06% no ano e de 5,65% nos últimos 12 meses até julho. A próxima apuração do IPC-S, com dados coletados até o dia 7 de agosto, será divulgada na próxima quarta-feira (dia 8).

Três classes de despesas apresentaram desaceleração de preços no Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) da quarta quadrissemana de julho, que encerra o mês, de acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Entre elas está o grupo Alimentação, que passou de 1,16% na leitura anterior para 1,02% no encerramento do mês passado, puxado pelo item carnes bovinas, cuja taxa de variação passou de -0,39% para -0,77%. Em junho, esse grupo teve taxa de 0,74%.

Saúde e Cuidados Pessoais e Educação, Leitura e Recreação foram as outras duas classes de despesas que registraram desaceleração de preços da terceira para a quarta quadrissemana de julho. O primeiro grupo variou de 0,27% para 0,23% no período, enquanto o segundo passou de 0,35% para 0,27% na mesma base de comparação. Em Educação, Leitura e Recreação, o item passagem aérea foi o destaque ao passar da taxa de -1,46% na quadrissemana anterior para -5,81% na leitura divulgada ontem. No grupo Saúde, o destaque ficou para os artigos de higiene e cuidados pessoais, com variação saindo de -0,02% para -0,10%.

Fonte: DCI – Política econômica - 02/08/2012 – Pág. A4 Enviar para um amigo CompartilharImprimir