Vendas de veículos crescem mais de 30% no início do ano

São Paulo, 6 de março de 2008


As vendas de veículos (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motos e implementos rodoviários) no varejo cresceram 32,76% comparando os dois primeiros meses de 2008 com o mesmo período do ano passado, saltando de 537.274 unidades para 713.273. “Todos os indicadores da economia apontam para o crescimento não só do setor automotivo, mas em vários outros segmentos. Nossa expectativa para o ano é positiva e o crescimento esperado continua cerca de 20%”, disse Sérgio Reze, presidente da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

\r\n

De janeiro para fevereiro, o setor apresentou queda de 5,70%, diminuindo de 367.090 unidades para 346.183, retração que pode ser conseqüência da menor quantidade de dias úteis de fevereiro (19 dias) em relação a janeiro (22 dias).

\r\n

Na comparação com fevereiro de 2007, quando foram emplacadas 258.868 unidades, o setor cresceu 33,73%.

\r\n

Automóveis e Comerciais leves – Os emplacamentos de automóveis e comerciais leves somaram 396.558 unidades nos dois primeiros meses de 2008, contra 285.081 unidades no mesmo período do ano anterior, numa alta de 39,10%. Comparando fevereiro com janeiro, o segmento registrou retração de 6,97%, totalizando 191.117 unidades negociadas.

\r\n

Caminhões – Foram vendidos 16.195 caminhões no varejo nos dois primeiros meses deste ano, contra 12.118 unidades em igual período de 2007, numa evolução de 33,64%. Em fevereiro, foram emplacadas 8.159 unidades, o que possibilitou alta de 1,53% em relação a janeiro. Na comparação com fevereiro do ano passado, o crescimento foi de 39,23%.

\r\n

Ônibus - O setor de ônibus vendeu 3.188 unidades no varejo nos dois primeiros meses de 2008, contra 2.527 unidades em igual período do ano anterior, 26,16%. O setor também apresentou crescimento de janeiro para fevereiro, passando de 1.556 unidades negociadas para 1.632 unidades. Em relação a fevereiro de 2007, a alta foi de 27,20%.

\r\n

Motos – As vendas de motos evoluíram 25,29% comparando os dois primeiros meses de 2008 com os de 2007. Foram comercializadas 284.548 unidades, contra 227.106 unidades. O mercado de motocicletas só cresce. A projeção de vendas para o ano é de 2,1 milhões de motos. A competição promete ser acirrada. “Novos players estão chegando no mercado brasileiro, o que deve acirrar ainda mais a competitividade”, comentou Reze. Já de janeiro para fevereiro, o segmento apresentou retração de 4,48%, contabilizando 139.014 unidades. Na comparação com fevereiro de 2007, quando foram vendidas 107.158 unidades, o setor de duas rodas cresceu 42,08%.

\r\n

Implementos Rodoviários - Foram negociados 5.832 implementos rodoviários no varejo nos dois primeiros meses deste ano, contra 2.196 nos mesmos meses de 2007, registrando crescimento de 23,77%. De janeiro para fevereiro, as vendas passaram de 2.712 unidades para 3.120 unidades, num acréscimo de 15,04%. Na comparação com fevereiro do ano passado, a alta foi de 42,08%.

\r\n

Outros – Outros veículos, como carretinhas para transporte, apresentaram crescimento de 23,77% comparando o acumulado de 2008 com o do ano passado, saltando de 2.741 unidades para 3.811 unidades.

\r\n

 

\r\n

Divulgação:

\r\n

MCE - Mazzuchini Comunicação e Eventos S/C Ltda.
Contatos: Rita Mazzuchini (Mtb 22128) ou Solange Suzigan
Telefones: (11) 5582-0049 / 2577-6533 
E-mails: solange@mcepress.com.brrita@mcepress.com.br

\r\n

Fonte: Press-release Fenabrave 2008